*Partido de Esquerda disfarçado de “Isentão”: Podemos decide expulsar Marco Feliciano por apoio a Bolsonaro

Marco Feliciano, deputado federal Foto: André Coelho / Agência O Globo

O diretório de São Paulo do Podemos decidiu expulsar, nesta segunda-feira, o deputado federal Marco Feliciano . Segundo a assessoria da legenda, a punição é justificada pela “incompatibilidade política”, já que Feliciano se manifestou por “apoio irrestrito” ao presidente da República, Jair Bolsonaro .

A legenda se diz independente do governo.

O GLOBO entrou em contato com o parlamentar, mas não obteve retorno. Em nota oficial, a direção nacional da sigla diz que o “caso foi avocado pela Comissão Executiva Nacional, na forma do artigo 65 do estatuto partidário”. Ainda de acordo com o partido, o diretório de São Paulo não tem competência para tomar essa decisão.

Feliciano pode, portanto, recorrer à Executiva do Podemos para tentar evitar qualquer punição.

Segundo o colunista Lauro Jardim, o deputado torce pelo sucesso do projeto Aliança pelo Brasil para ingressar no futuro partido de Bolsonaro. Com a expulsão, Feliciano não perde o mandato e pode migrar de sigla.

Dirigentes do Podemos entendem que Feliciano já se ofereceu publicamente para ser vice do atual presidente da República para uma chapa em 2022. O pastor já declarou que Bolsonaro “terá um vice evangélico”.

As falas incomodaram Álvaro Dias (PODE-PR), principal nome da legenda para a disputa ao Planalto, e também o presidente do diretório de São Paulo, Mario Covas Neto .

O globo

Compartilhe:

215 thoughts on “*Partido de Esquerda disfarçado de “Isentão”: Podemos decide expulsar Marco Feliciano por apoio a Bolsonaro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.