Em depoimento, Valeixo diz que Bolsonaro nunca pediu acesso a investigações

Nesta segunda-feira (11), o ex-diretor-geral da Polícia Federal (PF), Maurício Valeixo, prestou depoimento no inquérito que investiga uma suposta interferência do presidente Jair Bolsonaro no órgão.

Em Curitiba, o delegado afirmou que o presidente decidiu tirá-lo do cargo por desejar alguém com mais afinidade.

Valeixo fez questão de dizer que nunca recebeu pedidos do presidente para obter acesso às investigações ou a inquéritos sigilosos.

Valeixo disse que, em sua visão, “a partir do momento em que há uma indicação com interesse sobre uma investigação específica, estaria caracteriza uma interferência política, o que não ocorreu em nenhum momento sob o ponto de vista do depoente”.

Ele também destacou que a ‘afinidade’ foi uma questão que pesou na decisão do presidente.

Compartilhe:

289 thoughts on “Em depoimento, Valeixo diz que Bolsonaro nunca pediu acesso a investigações

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.