Prefeito de Natal, Álvaro Dias, pede ajuda a Rogério Marinho para trazer Hospital de Campanha desativado em Manaus

Além da inegável agenda positiva para Natal (RN) nesta quinta-feira entre o Prefeito Álvaro Dias e o ministro Rogério Marinho, um pedido extra chegará em Brasília pelas mãos do Ministro potiguar;  a “herança” do  Hospital de Campanha de Manaus, que foi desmontado no último dia 15 de junho pelo prefeito Artur Virgilio, depois de justificar a expressiva redução de casos na capital do Amazonas.

Eram 180 leitos , dos quais 39 UTIs, que funcionam 71 dias,  recebendo 751 pacientes, sendo que 611 se recuperaram. A porcentagem de óbitos entre os internados foi de 19%.

A ideia do prefeito Álvaro Dias é que Natal receber não só leitos físicos, mas a equipe de recursos humanos que lá atuou de forma positiva durante todo o pico da pandemia.

Marinho gostou da ideia e o prefeito também já entrou em contato com a deputada federal Carla Dickson – que está na Comissão de combate ao Covid-19 na Câmara – para ajudar a sensibilizar o Ministério da Saúde da necessidade de Natal e região metropolitana.

Não há dúvida, perante a mídia nacional, da situação emergencial do pleito do Rio Grande do Norte. O Jornal Nacional dos últimos oito dias seria o melhor reforço ao pleito.

TL

Compartilhe:

37 thoughts on “Prefeito de Natal, Álvaro Dias, pede ajuda a Rogério Marinho para trazer Hospital de Campanha desativado em Manaus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.