A feroz campanha da Globo contra Cloroquina tem motivo? Entenda!

O Jornal Nacional está jogando sua credibilidade na fossa dia após dia.
Após tentarem distorcer mais uma vez informações apenas para contrariar a opinião do governo federal, que desde o início da pandemia do vírus chinês, defende o uso da Hidroxicloroquina e Azitromicina para pacientes no início dos sintomas da doença.

Os benefícios dessa combinação está em artigos espalhados pela internet no mundo todo: Em Senegal o número de vítimas é 17 vezes menor que na Coreia do Sul, por exemplo, graças ao medicamento. Na Itália, Espanha e França também já fazem uso do medicamento.

Mas isso a grande mídia não vai te contar. Esses países só eram exemplos para nós nos auges de suas crises sanitárias. Na época ninguém mais aguentava ouvir falar da crise italiana, agora que eles usam o remédio praticamente não se toca nesse assunto. Na Espanha IDEM! E até a França se rendeu a Hidroxicloroquina, acredite! A França de Macron, que era um semi deus para Bonner e Renata durante a crise na Amazônia. A canalhice ganha requintes de genocídio quando o Jornal Nacional defende pesquisas feitas em Manaus, no Brasil. Eles disseram que a pesquisa não teve bons resultados. Realmente não tiveram. Mas eles não te contam que a dosagem usada na pesquisa variou de 900mg a 1200mg, quando o uso recomendado é de apenas 200mg.


Além disso, a pesquisa foi feitas em pacientes que já estavam em sintomas avançados, quando o recomendado é usar em casos de estágios iniciais.

Um verdadeiro absurdo! Caso de polícia, inclusive o médico e a equipe, em sua maioria apoiadores e filiados a partidos de esquerda estão sob investigação por indução de overdose em 11 vítimas. Outra notícia que eles distorceram foi uma pesquisa supostamente feita nos EUA. A verdade é que ,esta é feita por farmacêuticas que adotam outro medicamento, o REMDESIVIR, que tem patente chinesa de empresa que recebe aportes milionários de George Soros e da Fundação Gates. A empresa da patente, também foi uma das principais doadoras da campanha de Hillary Clinton nas últimas eleições, contra Trump. Eu sei que ler tudo isso pode ser uma pancada na cabeça de quem não está muito dentro do assunto, mas é evidente que este teatro é um claro jogo político.
Nesse tipo de conflito sempre sobra para os mais fracos. Aos ricos Cloroquina, aos pobres: A MORTE!

Por quê será?

Compartilhe:

130 thoughts on “A feroz campanha da Globo contra Cloroquina tem motivo? Entenda!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.