A ESCALADA DAS TENSÕES ENTRE WASHINGTON E PEQUIM AUMENTA

As autoridades dos Estados Unidos suspeitam que a espiã chinesa Juan Tang, que teve a prisão decretada pela Justiça norte-americana nesta quinta-feira 23, esteja refugiada no consulado chinês em São Francisco (foto), na Califórnia, para evitar ser presa.

De acordo com documentos judiciais, a pesquisadora chinesa de câncer, que participava de um intercâmbio acadêmico na Universidade Californie Davis, é acuda de fraudar seu pedido de visto, no qual negou ter vínculo com as Forças Armadas da China, mas os investigadores do FBI descobriram fotos dela usando uniforme militar chinês.Semana passada, outra chinesa, Chen Song, já tinha sido presa pelo mesmo motivo: Espionagem.

Song trabalhava como bolsista na Universidade de Stanford, também na Califórnia, conduzindo pesquisas neurológicas e, agora, está sob a custódia da Justiça dos EUA.

Ainda na semana passada, o Departamento de Defesa daquele país acusou dois hackers chineses de violarem os sistemas de computadores de centenas de empresas ocidentais e de tentar roubar dados sigilosos de pesquisas ligadas ao desenvolvimento de uma vacina contra a Covid-19.

Ontem, o governo Trump deu o prazo de 72 horas para que o Consulado-geral da China em Houston, no Texas, fosse fechado.

Os Estados Unidos afirmam que o local, onde funcionários foram flagrados queimando dezenas de caixas de documentos em seu pátio, servia como quartel general de uma rede de espionagem chinesa em solo norte-americano.

SILVIO SANTIAGO

Compartilhe:

268 thoughts on “A ESCALADA DAS TENSÕES ENTRE WASHINGTON E PEQUIM AUMENTA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.