Candidato esquerdopata, Joe Biden, con­tinua em si­lêncio a res­peito dos escândalos co­me­tidas por ele e seus fa­mi­li­ares!

Vídeo mostra supostos assédios de Joe Biden a crianças e levanta suspeitas  sobre o provável rival de Donald Trump (veja o vídeo)

Can­di­dato da es­querda De­mo­crata e seus par­ti­dá­rios de cam­panha ainda não se pro­nun­ci­aram de­pois das graves de­nún­cias feitas por ex-sócio de Hunter Biden.

Ocan­di­dato da es­querda De­mo­crata, Joe Biden, e seus par­ti­dá­rios de cam­panha pre­si­den­cial per­ma­necem ca­lados de­pois que o ex-sócio de Hunter Biden, Tony Bo­bu­linski, veio a pú­blico para dizer que ele se en­con­trou duas vezes no pas­sado com o ex-vice-pre­si­dente, apesar de de­cla­ra­ções an­te­ri­ores de Biden na cam­panha de que ele não teve en­vol­vi­mento ou dis­cus­sões sobre em­pre­en­di­mentos de ne­gó­cios de sua fa­mília no ex­te­rior.

Bo­bu­linski deu uma en­tre­vista ao talk show da Fox News ‘“Tucker Carlson To­night” na úl­tima terça-feira, onde de­ta­lhou suas reu­niões com o ex-vice-pre­si­dente, uma das quais ocorreu em 2 de maio de 2017. Ao que tudo in­dica, a reu­nião acon­teceu de fato. Bo­bu­linski afirmou que foram Hunter Biden e Jim Biden, irmão do ex-vice-pre­si­dente, os res­pon­sá­veis por tornar tal en­contro pos­sível. “Eles es­tavam me ga­nhando e jan­tando e apre­sen­tando a força da fa­mília Biden para me com­pro­meter”, disse o en­tre­vis­tado.

A cam­panha de Biden se re­cusou a co­mentar sobre a reu­nião que o ex vice-pre­si­dente teve com Bo­bu­linski. O pró­prio es­quer­dista ainda não abordou di­re­ta­mente as afir­ma­ções do exe­cu­tivo. Em 2019, Biden disse aos re­pór­teres: “Nunca con­versei com meu filho ou meu irmão ou qual­quer outra pessoa sobre qual­quer coisa que tenha a ver com seus ne­gó­cios. Ponto final”.

Mas Bo­bu­linski, em sua en­tre­vista na terça-feira, des­creveu de­ta­lha­da­mente como Joe Biden chegou para uma con­fe­rência re­a­li­zada no Be­verly Hilton Hotel, e como ele foi apre­sen­tado por Jim e Hunter Biden ao De­mo­crata. O exe­cu­tivo afirmou que as ne­ga­ções de co­nhe­ci­mento de Biden nas ne­go­ci­a­ções de seu filho com o ex­te­rior du­rante o de­bate pre­si­den­cial eram “uma men­tira des­ca­rada”. “Não pedi para me en­con­trar com Joe. Eles pe­diram que eu me en­con­trasse com Joe Biden. Eles es­tavam co­lo­cando todo o le­gado de sua fa­mília em risco. Eles sa­biam exa­ta­mente o que es­tavam fa­zendo”.

Ao ser ques­ti­o­nado sobre por que o ex-vice-pre­si­dente gos­taria de co­nhecê-lo, Bo­bu­linski de­clarou: “Por que em 10:38 da noite de 2 de maio Joe Biden ti­raria um tempo de sua pro­gra­mação para ficar co­migo, atrás de uma co­luna para que as pes­soas não pu­dessem nos ver, para ter uma dis­cussão com sua fa­mília e minha fa­mília e ne­gó­cios em um nível muito alto”. A reu­nião em 2 de maio de 2017 teria ocor­rido 11 dias antes de um e-mail de 13 de maio de 2017 ob­tido pela Fox News, que in­cluiu uma dis­cussão sobre “pa­cotes de re­mu­ne­ração” para seis pes­soas em um ne­gócio com uma em­presa de energia chi­nesa. O e-mail pa­recia iden­ti­ficar Hunter Biden como “Pre­si­dente / Vice-Pre­si­dente, de­pen­dendo do acordo com o CEFC”, em uma apa­rente re­fe­rência ao agora fa­lido CEFC China Energy Co. O e-mail in­clui uma ob­ser­vação de que “Hunter Biden tinha al­gumas ex­pec­ta­tivas de es­cri­tório as quais ele ela­bo­raria.” Uma di­visão de ca­pital pro­posta faz re­fe­rência a trans­fe­rên­cias para um certo “Big Guy”. Bo­bu­linski afirmou, ca­te­go­ri­ca­mente, que o dito “Big Guy” na ver­dade é Joe Biden.

Bo­bu­linksi disse que foi in­for­mado pelo CEFC que se tra­tava de um ne­gócio de 10 mi­lhões de dó­lares, que re­sul­taria em um em­prés­timo de $ 5 mi­lhões para a fa­mília Biden e $ 5 mi­lhões se­riam sua con­tri­buição para ca­pi­ta­lizar a Si­noHawk Hol­dings.

As acu­sa­ções foram ne­gadas por Joe Biden e seus par­ti­dá­rios de es­querda. “Joe Biden nunca con­si­derou en­volver-se em ne­gó­cios com sua fa­mília, nem em qual­quer outro ne­gócio no ex­te­rior”, disse o porta-voz da cam­panha de Biden, An­drew Bates.. “Ele nunca teve ações em tais acordos de ne­gó­cios, nem ne­nhum membro da fa­mília ou qual­quer outra pessoa já teve ações para ele”.

Ao fi­na­lizar suas de­cla­ra­ções em sua en­tre­vista, Bo­bu­linski ad­vertiu de que a po­pu­lação ame­ri­cana de­veria exigir in­ves­ti­ga­ções mais pro­fundas quanto a fa­mília Biden. “Acho que o povo ame­ri­cano de­veria exigir que isso seja in­ves­ti­gado”, disse ele.

O caso en­vol­vendo as ne­go­ci­atas dos fa­mi­li­ares de Biden, em re­lação a va­lores e ao im­pacto a res­peito de tais con­tra­ven­ções, su­pera até mesmo o maior es­cân­dalo já exis­tente na his­tória ame­ri­cana, o caso Wa­ter­gate. Porém, a grande mídia es­quer­dista e mi­li­tante, pa­rece fazer vistas grossas ao caso de ex­trema gra­vi­dade.

Compartilhe:

4 thoughts on “Candidato esquerdopata, Joe Biden, con­tinua em si­lêncio a res­peito dos escândalos co­me­tidas por ele e seus fa­mi­li­ares!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.