URGENTE: Laudo diz que voluntário da CoronaVac morreu por intoxicação

Na tarde desta quinta-feira (12), a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo emitiu uma nota sobre os resultados dos laudos da morte do voluntário que participava dos testes da CoronaVac.

O texto confirmou a informação sobre uma “intoxicação exógena” e citou a presença de opioides, sedativos e álcool no sangue da vítima.

– Os resultados apontam que a morte se deu em consequência de uma intoxicação exógena por agentes químicos. Foram constatadas as presenças de opioides, sedativos e álcool no sangue na vítima – informou a nota da SSP.

Ainda segundo a Secretaria, os laudos “dos institutos de Criminalística (IC) e Médico Legal (IML) do referido caso foram concluídos e encaminhados à autoridade policial do 93º DP (Jaguaré)”.

A vacina CoronaVac, contra a Covid-19, é desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac, em parceria com o Instituto Butantan.

De acordo com o site O Antagonista, a suspeita é que o voluntário tenha sofrido uma overdose e a morte por intoxicação não exclui a possibilidade de suicídio.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.