Legislando em causa própria! Alexandre Frota (PSDB) propõe Projeto obriga partidos a reservarem 10% das candidaturas ao Legislativo para pessoas LGBTQIA+

A sigla que dá nome ao seminário se refere ao movimento em defesa do direito à diversidade de orientações sexuais e de identidades de gênero. As letras representam lésbicas, gays, bissexuais, transgêneros, transexuais, e travestis, queer, intersexo, assexuais e outros grupos.

Pelo texto em análise na Câmara dos Deputados, a medida valerá para deputados federais, estaduais e vereadores. “Quanto mais diversificada a composição das casas legislativas, maior a possibilidade de representação dos mais diversos segmentos sociais existentes”, avalia o deputado Alexandre Frota (PSDB-SP).​

Fonte: Agência Câmara de Notícias

COMENTÁRIO:

Gostaria de perguntar aos membros dessa Câmara, que tão pouco nos tem representado, quando vão abrir a OBRIGATORIEDADE DE COTAS PARA POLÍTICOS HONESTOS E PREOCUPADOS COM O POVO DE MODO GERAL, pois, é isto que tenho visto não acontecer. Cada dia mais criam-se nichos para agregar políticos e políticas voltadas não para o bem estar social do povo brasileiro, mas apenas para cada dia mais, gerarem divisões e setorizações de nossa sociedade.

Quer criar algo Sr. Alexandre Frota, Crie a obrigatoriedade de cota de 100% de Políticos sérios e preocupados com o Povo Brasileiro. Não mais essa panaceia, esse picadeiro político. Político tem de ser COMPETENTE E COMPROMETIDO e não escolhido por suas opções sexuais. Pois, um político sério e consciente, com certeza fará leis voltadas para TODA A POPULAÇÃO BRASILEIRA e não o nicho que o senhor tanto admira e se encaixa. Lamentável!

Compartilhe:

12 thoughts on “Legislando em causa própria! Alexandre Frota (PSDB) propõe Projeto obriga partidos a reservarem 10% das candidaturas ao Legislativo para pessoas LGBTQIA+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.