PASMEM!!! No Rio Grande do Sul Professora petista torce pela morte da oposição e revela que doutrina sim, seus alunos!

Analisando a frase Eu sou petista na sala de aula

“Ódio do bem” da esquerda: desejar que eleitores da oposição morram de COVID e alunos se tornem incendiários

Em nome de um ideal revolucionário, é moralmente aceito desejar que os eleitores do candidato da oposição morram de COVID-19? Ou trabalhar para que seus alunos se tornem “saqueadores e incendiários” a la Che Guevara? Para a professora Monique Emer, de Caxias do Sul-RS, não só é belo e moral, como é a razão “de levantar da cama todos os dias”.

Conforme texto postado pela “educadora” em suas redes sociais, o fato de não terem escolhido o candidato petista – Pepe Vargas – para a Prefeitura faz dos caxienses uma “colônia” de machistas e racistas, “terra de gente burra, grosseira e tacanha”. Ela diz torcer para que os eleitores do candidato eleito – Adiló (PSDB) – sejam contaminados por COVID-19 e que podem até morrer porque não farão falta.

A parte mais preocupante vem a seguir, quando a professora revela, com alegria, uma “tendência incendiária” nos estudantes de hoje, que a “geração de frouxos, frutos da redemocratização, não tem”. Monique diz se esforçar para “desmascarar falsos heróis” dos pais dos seus alunos, e que “levanta da cama todos os dias” para ensiná-los a serem revolucionários que aderem a “saques, barricadas, incêndios e mobilizações”. Ela reza para que “não reste pedra sobre pedra”.

https://mblnews.org/
Compartilhe:

176 thoughts on “PASMEM!!! No Rio Grande do Sul Professora petista torce pela morte da oposição e revela que doutrina sim, seus alunos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.