BOLSONARO CONTRA CRIMINALIDADE: Com o dinheiro do leilão de bens do tráfico, Governo entrega 52 viaturas à Polícia Civil

Na semana passada, a Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad), do Ministério da Justiça e Segurança Pública realizou a entrega de 52 viaturas para a Polícia Civil do Paraná.
Os veículos, 45 caminhonetes 4×4 e sete carros de porte médio, com custo de cerca de R$ 6 milhões, foram adquiridos com dinheiro do Fundo Nacional Antidrogas (Funad). O Fundo recebe recursos gerados pela descapitalização de traficantes, por meio de leilões do patrimônio apreendido.

Segundo Luiz Roberto Beggiora, secretário Nacional de Políticas sobre Drogas, as apreensões enfraquecem os traficantes, e o recurso da venda dos bens apreendidos fortalece o combate à criminalidade.


“Outras 21 viaturas estão em fase de aquisição e serão destinadas para ampliar a fiscalização da região das fronteiras do país com o Paraguai e com a Argentina. O reaparelhamento das polícias com o recurso arrecadado das apreensões viabiliza um número ainda maior de apreensões e, consequentemente, mais recursos para investir em segurança pública. Até o fim de 2020, serão investidos aproximadamente R$ 40 milhões em projetos pelo país”, declarou o Beggiora.


Apenas no ano de 2020, a Senad já realizou mais de 100 leilões de bens apreendidos. Só no estado do Paraná, foram cinco leilões em 2020, que resultaram na venda de 171 bens, entre veículos, eletrônicos, embarcações e imóveis apreendidos de criminosos. A arrecadação foi de mais de R$ 2 milhões.

Compartilhe:

3 thoughts on “BOLSONARO CONTRA CRIMINALIDADE: Com o dinheiro do leilão de bens do tráfico, Governo entrega 52 viaturas à Polícia Civil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.