Em protesto virtual, público pede renúncia de Doria! Manifestação ocorre após Instituto Butantan divulgar que a eficácia geral da CoronaVac é de 50,38%

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), despertou a ira de parte do público após o Instituto Butantan divulgar que a eficácia geral da CoronaVac é de 50,38%. Na tarde desta terça-feira, 12, o Twitter dá vez ao protesto virtual que clama pela renúncia do tucano — que na última semana chegou a comemorar o que seria 78% de eficácia do imunizante contra casos leves da covid-19.

Pelo Twitter, internautas fazem com que #RenunciaDoria apareça na lista de assuntos mais comentados no Brasil. Além de usuários comuns de internet, autoridades aproveitam o momento para cobrar o governador paulista. É o caso, por exemplo, do deputado estadual Gil Diniz (sem partido). Para o parlamentar, Doria e o Instituto Butantan foram além de equívoco a respeito da eficácia da vacina desenvolvida em parceria com o laboratório chinês Sinovac Biotech. Para ele, houve prática criminosa.

Acusação de mentiroso

O protesto virtual que pede que João Doria deixe o comando do governo de São Paulo não é o único movimento contra o político tucano. Também na tarde de hoje, a mensagem #DoriaMentiroso figura no ranking de termos mais comentados entre usuários brasileiros no Twitter, conforme divulga a própria plataforma de rede social. Já são quase 16 mil postagens no decorrer das últimas horas.

Até autoridade de nível nacional e de fora do Estado paulista compartilha a acusação de que o membro do PSDB mentiu. Deputado federal pelo PSL de Minas Gerais, Junio Amaral emitiu, com ironia, sua opinião sobre os dados relacionados à CoronaVac. “50,38%. Essa eficácia tá caindo mais rápido que a aprovação do Doria”, publicou o congressista mineiro, que pede a renúncia do tucano.

revista oeste
Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.