Após ser chamada de “desqualificada” e “porta de cadeia”, advogada processa presidente da OAB e pede indenização de R$ 100 mil

A advogada Luciana Pires, que defende o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) no caso da rachadinhas (esquema de desvio de salários de funcionários de gabinete), protocolou nesta sexta-feira, 29, uma ação por danos morais contra o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz. A advogada pede uma indenização de 100 mil reais.

Em entrevista ao jornal Extra, o presidente da OAB se referiu a Luciana como advogada de porta de cadeia e desqualificada. Por entender que o tom das declarações foi pejorativo, a defensora resolveu processar Santa Cruz.

Leia a matéria completa no site Justiça Potiguar.

Compartilhe:

2 thoughts on “Após ser chamada de “desqualificada” e “porta de cadeia”, advogada processa presidente da OAB e pede indenização de R$ 100 mil

  • Avatar
    7 de fevereiro, 2021 em 7:33
    Permalink

    The left slit I bought this time is suitable for me, so I don’t have to trouble your warehouse to forget to slit it for me, otherwise I won’t return the product, and the color is the same. The customer service attitude is very good and take the trouble to answer, thank her here.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.