MAIS UM GOLPE DA GD: Fátima Bezerra (PT) teria feito um apelo aos deputados para que recursos para duplicação da Reta Tabajara fossem usados para a compra de vacinas pelo Estado.

bancada federal do rn Fátima ávida por dinheiro. Quer a grana da Reta da Tabajara

Como se não bastasse a polarização e politização em questões mais abrangentes, agora a divisão chega também a uma decisão que parecia simples – se houvesse coordenação e entendimento de Governo Federal e Estadual – a compra de vacinas pelos Estados.

A possibilidade é realidade desde o  julgamento do Supremo Tribunal Federal, que permitiu a compra por estados e municípios, na semana passada.

É uma permissão e não a exclusão de responsabilidade do Governo Federal. Eis o primeiro ponto.

E onde entra a Bancada Federal nisso?

A Governadora Fátima Bezerra (PT) teria feito um apelo aos deputados a ela mais ligados para que recursos para duplicação da Reta Tabajara fossem usados para a compra de vacinas pelo Estado.

DINHEIRO OUVINDO A CONVERSA

Algo em torno de R$ 16 milhões de uma obra que se arrasta e tem custo estimado em mais de R$ 300 milhões.

O valor daria para comprar cerca de 290 mil doses de vacina Coronavac, por exemplo.

O insuficiente, por exemplo, para vacinar o população de Mossoró. Pouco, muito pouco. Mas bem mais do que o Governo Federal vem enviado em doses homeopáticas até agora.

Hoje, o RN contabiliza pouco mais de 90 mil pessoas vacinadas.

A ideia não é exclusiva dos parlamentares do Rio Grande do Norte. Outros estão fazendo a engenhoca, incluindo até o uso de recursos de emendas individuais dos parlamentares.

A discordância não é aberta e pública e por enquanto acontece nos bastidores, sem bandeiras hasteadas.

Um lado estoca o outro que o resultado é politização para pais e mães da vacinação.

Enquanto isso, o potiguar aguarda com braço preparado o momento que poderá caminhar nas longas e intermináveis filas de vacina, de UTI, de UPA, de pronto-socorro. Seja público ou privado.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.