Deputados podem votar duas MPs sobre renegociação de R$ 58,4 bilhões em dívidas

Mapa virtual pressiona Congresso a aprovar PEC da prisão em 2ª instância

O Plenário da Câmara dos Deputados pode votar nesta terça-feira (27) a renegociação de R$ 58,4 bilhões em dívidas. Na pauta está a Medida Provisória 1016/20, que permite a renegociação das dívidas contraídas por empresas e pessoas físicas junto aos Fundos Constitucionais de Financiamento do Norte (FNO), do Nordeste (FNE) e do Centro-Oeste (FCO). Bem como a MP 1017/20, que define regras para a quitação e a renegociação de dívidas em debêntures com o Fundo de Investimento da Amazônia (Finam) e com o Fundo de Investimento do Nordeste (Finor)

De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Regional, o FNO, o FCO e o FNE acumulam mais de R$ 9,1 bilhões em dívidas, abrangendo mais de 300 mil pessoas físicas e jurídicas. Aproximadamente 87% dos débitos são de até R$ 20 mil.

A MP 1016/20 é o primeiro item da pauta da sessão marcada para as 15 horas.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.