Inquérito do MPF e PF sobre respiradores será revelado na CPI da Covid, diz jornal. Governadores de São Paulo, Rio Grande do Norte, Bahia e outros estados na mira da polícia federal

Iniciada na última terça-feira (27), a CPI da Covid, que apura a conduta do governo federal durante a pandemia do novo coronavírus, não pode investigar as ações de estados e municípios, como prevê a Constituição, mas poderá investigar a destinação das verbas federais nas esferas.

Segundo informações do jornal O Globo, os aliados do presidente Jair Bolsonaro no Senado pedirão ao Ministério Público e à Polícia Federal todos os dados de investigações sobre os govenadores. O primeiro pedido apresentado foi do senador Eduardo Girão (Podemos-CE).

Já o relatório do senador Ciro Nogueira (PP-PI) pede dados das 27 Procuradorias Gerais de Justiça dos Estados e ao Ministério Público Federal a cópia de todos os inquéritos, o que inclui o dos respiradores, que investiga a compra conjunta do Consórcio Nordeste, coordenada pelo governador Rui Costa (PT), de aparelhos usados para o tratamento de pessoas com casos delicados de Covid-19, que foram pagos antecipadamente e não foram entregues, nem tiveram o dinheiro devolvido, além do caso não ter sido esclarecido um ano depois.

O jornal também afirma que o Palácio do Planalto aposta todas as fichas nas ações movidas pela Procuradoria-Geral da República, hoje ocupada por Augusto Aras, que é visto como um “depositário de artilharia contra os governadores”.

política ao vivo

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.