SALVADOR/BAHIA: Secretário de educação fala em punição para professores que não voltarem às aulas presenciais

O secretário de Educação de Salvador, Marcelo Oliveira, afirmou que os professores da rede municipal de ensino de Salvador que não aderirem ao retorno das aulas nas salas, que teve início nesta segunda-feira (03), terão uma punição.

Embora tenha falado em punir a categoria, Oliveira não explicou o que seria feito com os profissionais. O secretário também afirma que os alunos que não se sentirem seguros, podem continuar tendo aulas apenas no método online, como vem acontecendo.

“Acho que nesse momento um pouco conturbado, não devemos falar em quais punições. As medidas serão tomados e os professores serão punidos posteriormente. Já os alunos que não se sentirem seguros para irem até as escolas, podem acompanhar as aulas online, mas os pais terão que se redobrar para auxiliar seus filhos”, disse em entrevista à TV Bahia, nesta segunda (03).

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.