Bruno Covas faz radioterapia para sangramento no estômago e não tem previsão de alta

Prefeito licenciado descobriu sangramento residual em novo procedimento de endoscopia digestiva na quarta-feira (5). Ele está no Hospital Sírio-Libanês em tratamento contra um câncer.

Bruno Covas (PSDB) e o filho Thomas, de 15 anos, no hospital Sírio Libanês nesta terça-fera (4).  — Foto: Acervo pessoal

O prefeito licenciado de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), passou por um novo procedimento de endoscopia digestiva, que localizou discreto sangramento residual no estômago, conforme divulgou o Hospital Sírio-Libanês em boletim médico nesta quinta-feira (6). Covas está internado desde o último domingo (2) em tratamento contra o câncer.

Segundo os médicos, o prefeito licenciado fez, em seguida, um tratamento de “radioterapia para controle deste sangramento”. O quadro clínico é estável e ele segue internado na unidade semi-intensiva do hospital.

Veja a íntegra do boletim médico:

O Prefeito Bruno Covas segue internado em tratamento médico. Na quarta-feira, dia 05, ele foi submetido a novo exame de endoscopia digestiva alta que evidenciou discreto sangramento residual no estômago. Desta forma, foi iniciado tratamento local com radioterapia para controle deste sangramento. O prefeito está recebendo todo suporte clínico necessário e seu quadro clínico é estável.

No momento, não há previsão de alta hospitalar. Ele está sendo acompanhado pelas equipes médicas coordenadas pelo Prof. Dr. David Uip, Dr. Artur Katz, Dr. Tulio Eduardo Flesch Pfiffer, Prof. Dr. Raul Cutait e pelo Prof. Dr. Roberto Kalil Filho.”

Intubado e extubado no mesmo dia

Na segunda-feira, Covas foi intubado para um exame de endoscopia, onde também foi diagnosticado um sangramento na cárdia, localizada na transição entre o estômago e o esôfago, ser estancado. No mesmo dia, horas depois, ele foi extubado.

Na imagem divulgada nas redes sociais, após deixar a Unidade de Terapia Intensiva (UT), Covas apareceu ao lado do filho, Thomás, de 15 anos, com a camiseta do Santos, time para o qual ambos torcem. Na mensagem, o prefeito licenciado disse ter vencido mais uma etapa e ter fé em continuar a driblar os próximos obstáculos.

“Mais uma batalha vencida. Tenho fé que vou vencer cada obstáculo. Agradeço a todas as orações, as mensagens de carinho, a força que vocês tem me dado. Peço desculpas por não conseguir responder a tantas mensagens que chegam por aqui, pelo WhatsApp, pelo telefone. Sintam-se todos abraçados. Agradeço sinceramente por serem tão generosos comigo. Agradeço também ao Ricardo Nunes e toda nossa equipe da Prefeitura que vêm cumprindo nossa diretriz de não deixar parar nada e avançar com o trabalho e cumprir nossos compromissos com a população de São Paulo”, disse Covas na postagem.

“E daqui a pouco é torcida pro nosso Santos!!!”, acrescentou o prefeito licenciado, sobre a partida de seu time na Copa Libertadores.

Segundo o infectologista David Uip, um dos responsáveis pelo tratamento do prefeito, ele dormiu a noite toda, passa bem, mas não há “qualquer previsão de alta”. Ainda de acordo com o especialista, a equipe médica considera o sangramento como um evento pontual.

“Entendemos o sangramento como evento pontual. Faz parte do acompanhamento de doentes crônicos que tenham eventos pontuais. No caso, foi um sangramento gástrico, mas poderia ter sido uma infecção ou qualquer outra contingência. Como tal, este procedimento foi enfrentado. Foi enfrentado o sangramento, foi estancado o sangramento, o paciente foi para uma unidade de terapia intensiva e acaba de ter alta”, afirmou Uip.

G1

Compartilhe:

Deixe um comentário