“Até quarta-feira, vamos saber quem é quem. Quem está protegendo quem”, diz senador Girão sobre CPI da pandemia

Em entrevista coletiva, após o segundo dia de depoimento do ex-ministro da Saúde, General Eduardo Pazuello, na CPI da Covid-19, também conhecida como “CPI do Circo” e “Tribunal de Renan Calheiros”, o senador Eduardo Girão (Podemos-CE) disse estar mais esperançoso porque a CPI, finalmente, abriu a possibilidade de votar requerimentos, o que deve ocorrer na quarta-feira (26).


Girão é autor do requerimento que teve 45 assinaturas de senadores a favor da investigação sobre o uso dos recursos federais enviados aos Estados e municípios para o combate da pandemia.

“Vamos ver se vão deixar tentar rastrear os bilhões de reais enviados a Estados e municípios… O ex ministro Pazuello trouxe os números. São números muito altos, centenas de bilhões de reais e a população quer saber, por exemplo, o que houve dos hospitais de campanha. Alguns fechados após cinco meses de utilização, enquanto todo mundo sabia que vinha a segunda onda”, questionou.
E complementou:
“Essa CPI, claramente, não quer ‘olhar’ pra corrupção. Até quarta-feira, vamos saber quem é quem.
Quem está protegendo quem”, finalizou, acrescentando que pedirá votação nominal aos requerimentos.
Confira o vídeo:

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.