Renan Calheiros foi autoritário, agressivo e teve viés machista na CPI, diz Alexandre Garcia

No quadro Liberdade de Opinião (CNN Brasil) desta quarta-feira (2), o jornalista Alexandre Garcia avaliou o discurso da médica Nise Yamaguchi na CPI da Pandemia.

Segundo Garcia, houve uma pressão desnecessária em torno da profissional de saúde.

“Esse senador [Omar] Aziz tem cada uma… Ele tem um sanitarista e um ortopedista na frente dele [na comissão] e ele desdenha de uma especialidade médica. Ontem ele colocou a cereja em cima do bolo”, afirmou.

Na sequência, Garcia disse que o senador Renan] Calheiros “demonstrou um espírito autoritário, agressivo, com um viés machista”, chegando “ao ponto de a senadora Leila Barros, que é oposição ao governo, sair do gabinete dela e ir para a CPI para falar para deixarem a depoente concluir o raciocínio”.

E completou:

“Esqueceram o mínimo de cortesia com a pessoa que foi convidada a dar esclarecimentos”.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.