Vagabundo Renan Calheiros ‘surta’ durante CPI após ouvir denúncia e verdades contra seu filho governador

A CPI da Pandemia desta quarta-feira (09) ouve o coronel Elcio Franco, considerado número 2 da Saúde durante a gestão do general Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde.

No decorrer do depoimento do militar, o senador Marcos Rogério fez um questionamento pertinente acerca do fechamento de alguns hospitais de campanha pelo Brasil durante a crise sanitária provocada pelo novo vírus. Um dos estados citado pelo parlamentar, que teria tido uma conduta inapropriada no tocante ao combate ao novo vírus, foi Alagoas, governado por José Renan Vasconcelos Calheiros Filho, que é filho do senador Renan Calheiros, relator da CPI da Pandemia.

O relator da comissão imediatamente reagiu ao comentário feito pelo seu colega em relação ao Estado de Alagoas. Visivelmente irritado pela citação feita ao ente federativo governado pelo seu filho, Renan Calheiros se mostrou indignado com o comentário do senador Marcos Rogério e tentou rebatê-lo.

Veja:

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.