Com medo de ser preso… Governador do Amazonas confirma que não vai depor na CPI da Covid

O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), confirmou que não vai comparecer à CPI da Covid nesta quinta-feira (10). No fim da noite desta quarta, a ministra Rosa Weber, do STF (Supremo Tribunal Federal), concedeu habeas corpus garantindo ao executivo o direito de não ir à comissão ou ficar em silêncio.

A CPI começaria a investigação sobre desvios de verbas federais por governadores e estados durante a pandemia. Wilson Lima seria o primeiro chefe do Executivo a comparecer no colegiado entre os nove convocados, que já se articularam e judicializaram a questão no STF (Supremo Tribunal Federal).

Wilson Lima havia entrado com ação individual na Corte, na terça-feira (8), repetindo os argumento central dos convocados, os quais alegaram que os senadores não têm competência para convocar autoridades estaduais, a serem investigadas pelas Assembleias Legislativas dos respectivos estados, como previsto na Constituição.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.