Covid: Depois que a coronavac saiu de circulação e com a chegada da Pfizer e Astrazeneca e Janssen, média de mortes está em queda!

O número de mortes por Covid-19 vem caindo no país de “forma consistente” desde 19 de junho. Os dados são do levantamento Monitora Covid-19, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

No último dia 19, foram contabilizados 2.075,43 óbitos, segundo a média móvel de sete dias. Nesta quinta-feira (8), esse número caiu para 1.440,57. O ápice de mortes da segunda onda ocorreu no dia 12 de abril, com 3.123,57 mortes diárias.

O número de casos diários de Covid-19, segundo a média móvel de sete dias, chegou a 48.636,86 na quinta-feira (8). Segundo a fundação, houve queda expressiva em relação a 23 de junho, quando alcançou o maior patamar da pandemia no Brasil, com 77.264,71 casos diários

Comentário:

DESDE JANEIRO ATÉ MAIO (5 MESES) O BRASIL TAVA VACINANDO SÓ COM CORONAVAC E OS CASOS DE MORTES POR COVID E INTERNAÇÕES SÓ AUMENTARAM, TODOS VIRAM Q QUANDO COMEÇOU A VACINAÇÃO COMEÇOU A TER MAIS MORTES POR COVID Q ANO PASSADO Q NÃO TINHA VACINAS CORONAVAC

DE MAIO PRA CÁ (1 MÊS E POUCO) COMEÇOU A VACINAR COM MILHÕES DE DOSES DA ASTRAZENECA, PFIZER E JANSSEN E EM APENAS UM MÊS OS CASOS DE MORTES E INTERNAÇÕES POR COVID DIMINUÍRAM, AS VACINAS DA CORONAVAC FEZ PIORAR A PANDEMIA EM TODOS OS PAÍSES QUE ESTÃO FAZENDO USO DAS MESMAS

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.