Morre o jornalista de TV baleado após desafiar a máfia

Peter R. De Vries lutava pela vida depois de um atentado a balas noticiado pela mídia internacional
Nesta quinta-feira (15), a imprensa nos quatro cantos do planeta repercute a morte de Peter R. De Vries. O apresentador e comentarista de TV holandês estava em estado grave após ter sido atingido por 5 tiros, um deles na cabeça, na saída da emissora RTL em Amsterdã, na Holanda.


Famoso em seu País por participar de programas sobre investigações criminais, o jornalista de 64 anos era testemunha-chave de um processo judicial contra o líder de um grupo mafioso holandês. Ele vivia sob proteção policial na maior parte do tempo.


Suas reportagens investigativas geraram recordes de audiência ao longo de décadas. Várias descobertas do veterano ajudaram a polícia a desvendar casos complicados. Peter dizia não aceitar trabalhar sem total liberdade.

Pagou com a própria vida por fazer jornalismo sem medo.

contra fatos

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.