Anvisa Identifica Mais de Trinta Casos de Síndrome de Guillain-Barré Após Vacinação Contra Coronavírus

Síndrome Guillain-Barré. 6 respostas sobre a doença que ataca o sistema  nervoso – Observador

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) emitiu um comunicado nesta quarta-feira (28/07) alertando que casos raros de Síndrome de Guillain-Barré após a vacinação contra Covid-19 têm sido relatados em diversos países, inclusive no Brasil.

No comunicado, cuja íntegra pode ser vista neste link aqui, a Anvisa informou que até o momento recebeu 27 notificações de casos suspeitos de Síndrome de Guillain-Barré após a imunização com a vacina da AstraZeneca/Oxford. Além disso, outros quatro casos com a Coronavac e outros três casos com a vacina da Janssen também foram relatados, totalizando 34 registros.

Síndrome de Guillain-Barré é um distúrbio neurológico autoimune raro, no qual o sistema imunológico danifica as células nervosas. De acordo com a agência, a maioria das pessoas se recupera totalmente do distúrbio. O principal risco provocado pela síndrome está relacionado ao comprometimento dos músculos respiratórios, o que pode levar à morte. 

 Informações Agência Brasil.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.