Dayane Pimentel, a peppa pig da Bahia, chama Bolsonaro de “ignóbil” e “tirano”

A deputada petista que foi eleita apoiando o presidente Bolsonaro agora acha que conseguirá se manter na Câmara falando bobagens contra ele. Eis o desespero escancarado, mas o povo baiano não é besta e não suporta traição.

A deputada federal Dayane Pimentel, presidente do PSL na Bahia, desferiu novos ataques ao ex-aliado Jair Bolsonaro. A parlamentar comentou no Twitter a decisão do presidente de levar ao Senado Federal um pedido de impachment contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes

“Capim para o gado”, postou na rede social assim que decisão de Bolsonaro foi divulgada na imprensa. Depois, compartilhou a nota do STF repudiando a decisão e legendou: “Nota do STF ao ignóbil”.

Depois, na manhã deste sábado (21), a parlamentar fez outro post, declarando apoio ao ex-juiz e ex-ministro Sérgio Moro na campanha presidencial de 2022. Nas palavras dela, o foco é tirar o “tirano” do poder.

“Se Moro (o terror da família de ignóbeis) não for candidato… penso que deverá apoiar alguém. Sempre acreditei que uma junção seria o ideal, pois o foco é derrubar o tirano do poder. Mas caso Moro não se disponha, com certeza escolherá alguém muito melhor q o aloprado”, postou, defendendo ainda uma terceira via.

Dayane ainda declarou que “Bolsonaro, sem chances nessa disputa, levará  o Lula com ele por tabela”.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.