GOVERNADA PELO PT HÁ 16 ANOS… Bahia continua um dos estados mais pobres do país, 40% da população está abaixo da linha da pobreza monetária

O deputado estadual Alan Sanches (DEM), após divulgação de um levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgado nas últimas horas que apontou que, em 2019, a Bahia possuía, em números absolutos, a maior quantidade de pessoas extremamente pobres e a segunda maior de pobres, dispara que o estado merece muito mais investimentos no social, de forma a não “definhar” ainda mais. 

“Afinal, um governo onde o discurso é voltado para o social uma estatística dessa soa como uma bomba, aliado aos índices da Educação, que conforme o IDEB, também nos coloca como os piores do país, diante desse quadro precisa adotar novas posturas urgentes antes que comece a definhar e fazer o que não conseguiu em 14 anos de governo. Realmente investir no social e sair do mundo imaginário da propaganda”, conclamou, ressaltando que quem diz isso não é Alan Sanches, mas órgãos credenciados como o IBGE. 

Segundo a pesquisa, no ano passado, quatro em cada 10 moradores do estado (40,4% da população) estavam abaixo da linha da pobreza monetária, com renda domiciliar per capita menor que R$ 428. Além disso, pouco mais de 1 em cada 10 (12,5%) estava abaixo da linha de extrema pobreza, com renda domiciliar per capita menor que R$ 148. 

“De acordo com o IBGE, essas proporções praticamente não se alteraram desde 2016 e davam à Bahia, em 2019, o 2º maior número absoluto de pobres, com 6 milhões de pessoas, e o maior número de extremamente pobres do país, que totalizava 1,853 milhão”, concluiu.

https://agazetabahia.com/noticias/geral/27719/a-bahia-continua-um-dos-estados-mais-pobres-do-pais-40-da-populacao-esta-abaixo-da-linha-da-pobreza-22-12-2020/

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.