Mendonça, sobre chance de desistir de vaga no STF: ‘Zero vezes zero’

André Mendonça, ex-AGU, está há quase dois meses esperando por sabatina na CCJ do Senado

Indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF), o ex-ministro da Justiça e ex-advogado-geral da União André Mendonça descartou nesta quinta-feira, 16, a possibilidade de desistir do posto na mais alta Corte do Judiciário brasileiro.

Há quase dois meses, Mendonça espera pela realização da sabatina que vai avaliar seu nome na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. O colegiado é comandado pelo ex-presidente da Casa Davi Alcolumbre (DEM-AP), que estaria travando o andamento do processo.

Segundo informações do jornal O Globo, Mendonça teria afirmado a uma pessoa próxima que a chance de desistir da indicação seria “zero vezes zero”.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.