Bolsonaro: Não sou negacionista, liberei R$ 20 bilhões para vacinas

Presidente também criticou governos petistas

O presidente Jair Bolsonaro, que está passando o feriado de Nossa Senhora Aparecida no Guarujá, litoral paulista, negou nesta segunda-feira (11) que seja “negacionista” e voltou a defender o tratamento precoce contra a Covid-19.

Em conversa com jornalistas após deixar o Hotel de Trânsito para dar uma volta de moto pela cidade, Bolsonaro voltou a criticar a vacina CoronaVac e a vacinação de jovens. Ele disse que sua gestão liberou, em dezembro, R$ 20 bilhões para a compra de vacinas.

– Não me chamem de negacionista porque só em dezembro a medida provisória foi um checão de R$ 20 bilhões para comprar vacina – destacou.

Aos jornalistas, Bolsonaro questionou a razão de não se divulgar o número de mortes de pessoas já vacinadas.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.