China testa míssil hipersônico capaz de circular a Terra e chama a atenção de autoridades dos EUA

A China chamou a atenção de autoridades americanas ao testar um míssil hipersônico com capacidade nuclear que circulou a Terra. O teste, que ocorreu em agosto, foi mantido em segredo, de acordo com informações do jornal “Financial Times”.

De acordo com a publicação, o missíl estava armado com uma orgiva nuclear e foi lançado por um foguete que carregou um planador hipersônico que voou em órbita baixa antes de seguir para o alvo planejado. Porém, o míssil errou o objetivo em 38 quilômetros.

A experiência surpreendeu os norte-americanos que observaram um avanço importante no desenvolvimento de armas hipersônicas, que está muito mais avançada do que era previsto do conhecimento dos Estados Unidos.

Estas armas são difíceis de serem rastreadas, porquê elas são lançadas por um foguete para a órbita do planeta e viajam com uma velocidade de cinco vezes a velocidade do som e, com isso, orbitam com o próprio impulso, são manobráveis e assim, podendo ser controláveis.

G1

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.