STF recebe “notícia-crime” contra Alcolumbre por não pautar sabatina de Mendonça

STF recebe "notícia-crime" contra Alcolumbre por não pautar sabatina de Mendonça

A demora em pautar a sabatina do ex-ministro da Justiça, André Mendonça, tem provocado diversas reações contra o senador Davi Alcolumbre, presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado Federal, o responsável por determinar a data do procedimento. Como resultado, até uma “notícia-crime” foi protocolada contra ele no Supremo Tribunal Federal (STF).

O comunicado da medida foi divulgado pelo próprio STF em suas mídias oficiais. “A ministra Rosa Weber encaminhou à PGR uma notícia-crime contra o senador Davi Alcolumbre, presidente da CCJ do Senado, apresentada por um advogado ao STF por não ter marcado a sabatina de André Mendonça, indicado para o cargo de ministro da Corte”, diz o comunicado.

“A remessa é uma praxe processual, para as providências que entender cabíveis, pois cabe à PGR conduzir eventual investigação. A peça aponta suposto cometimento dos crimes de concussão, discriminação religiosa e de responsabilidade”, completa o texto.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.