Deputados serão obrigados a presentar “carteira de vacinação” na Câmara, diz Lira

O deputado Arthur Lira, presidente da Câmara dos Deputados, acabou de anunciar que os parlamentares poderão retomar os trabalhos no Congresso Nacional de forma presencial, mas na condição de seguirem os protocolos de segurança em relação à prevenção contra o novo coronavírus, incluindo o de estar vacinado.

“A Mesa Diretora da Câmara dos Deputados decidiu há pouco que os trabalhos presenciais serão retomados a partir da 2ª-feira, 25. Serão tomadas todas as medidas administrativas e sanitárias no retorno das atividades, entre elas, a apresentação da carteira de vacinação”, afirmou Lira em suas redes sociais nesta terça-feira.

Na prática, ao estabelecer a apresentação da carteira de vacinação como exigência para o trabalho presencial na Câmara, Lira impõe a vacinação contra o Covid como requisito obrigatório para todos os deputados, o que contraria frontalmente a posição do presidente da República, Jair Bolsonaro, que é a favor da liberdade de escolha da população.

Compartilhe:

Deixe um comentário