Governadora Fátima Boku’s Bezerra e o Secretário de Saúde Cipriano Maia, estão sendo acusados de serem culpados pela tragédia que ocorreu no Hospital Maria Alice na zona norte de Natal

A Governadora Fátima Boku’s Bezerra e o Secretário de Saúde do Estado, Cipriano Maia, estão sendo acusados de serem culpados pela tragédia que ocorreu no Hospital Maria Alice (Hospítal dos Coqueiros) na Zona Norte de Natal (RN), com a morte de oito crianças, em 15 dias na UTI Neonatal daquela Unidade de Saúde, sem que tenha sido tomado qualquer providência para estancar o surto, que foi comunicado por servidores a Diretoria, a Secretaria de Saúde e a chefe do Executivo Potiguar

Consta que Só depois da ocorrência da oitava morte de um bebê, foi que a Diretora do Hospital dos Coqueiros, resolveu agir, interditando a UTI e suspendendo a internação de novos pacientes, cuja unidade está sendo desinfectada.

A principal suspeita do surto na Unidade Hospitalar da Zona Norte, vem em decorrência do uso da água, que é proveniente de poços, que não recebe qualquer tratamento, conforme já foi notificado pela Vigilância Sanitária da Prefeitura de Natal (RN), em razão do elevado teor de coliformes fecais, mas foi ignorada pelo Governo Petista de Fátima Boku’s Bezerra.

robson pires

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.