Bolsonaro diz que servidores terão reajuste se PEC dos Precatórios for aprovada

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta terça-feira, 16, que todos os servidores públicos federais receberão reajustes salariais caso a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios seja aprovada pelo Congresso. O texto, que autoriza a União adiar o pagamento de dívidas e muda o prazo para o cálculo da inflação no teto de gastos, foi encaminhado ao Senado na semana passada após ser aprovado em segundo turno pela Câmara dos Deputados. “Eu conversei com Paulo Guedes [ministro da Economia], passando a PEC dos Precatórios, tem que ter um pequeno espaço para dar algum reajuste. Não é o que eles merecem, mas é o que nós podemos dar”, afirmou durante participação em um evento empresarial em Manama, no Bahrein, em meio à agenda de visitas aos Emirados Árabes Unidos.

De acordo com o presidente, o reajuste é motivado pela falta de reajustes em dois anos e pelo aumento da inflação, que desde setembro está em dois dígitos e impacta diretamente na queda do poder de renda dos brasileiros. Bolsonaro também afirmou que o governo federal deve lançar concursos públicos apenas para áreas essenciais do funcionalismo público. “Dessa maneira estamos mostrando responsabilidade”. O presidente ainda voltou a defender a reforma administrativa ao dizer que as mudanças não alcançarão os atuais servidores.

JOVEM PAN

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.