Presidente Jair Bolsonaro garante Enem e afirma que a prova ‘começa a ter a cara do governo’

Neste segunda-feira (15), o presidente da República, Jair Messias Bolsonaro (sem partido), declarou que o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) “começa a ter a cara do governo’.

O Chefe de Estado disse que o ministro da Educação, Milton Ribeiro, garantiu que o exame será feito sem consequências pelas demissões. O concurso será realizado entre os dias 21 e 28 de novembro, para aproximadamente 3,1 milhões de estudantes.

“O Milton é do ramo. Ele mandou uma mensagem há pouco e disse que a prova do ENEM vai ocorrer na mais absoluta tranquilidade. Começam agora a ter a cara do governo as questões da prova do ENEM. Ninguém precisa agora estar preocupado com aquelas questões absurdas do passado, o tema da redação não tinha nada a ver com nada. Realmente é algo voltado ao aprendizado”, disse o mandatário.

Em nota, funcionários do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), pediram demissão argumentando fragilidade técnica administrativa da gestão. Ademais, também apontaram uma suposta “patrulha política” para não causar desagrado no governo.

“É um absurdo o que se gastava com poucas pessoas lá”, disse Jair.

Compartilhe:

Deixe um comentário