Chuvas em Minas Gerais tem 6 cidades em emergência e 562 desabrigados e desalojados em menos de 24h

Chuva alagou distrito de Honório Bicalho, em Nova Lima

As fortes chuvas que continuam atingindo Minas Gerais fizeram aumentar o número de cidades em situação de emergência. Somente nas últimas 24 horas, mais seis municípios relataram danos graves por causa das tempestades. Com isso, o Estado passa a ter 138 municípios em emergência devido aos temporais. 

O balanço ainda revela que, no período de um dia, 562 moradores do território mineiro ficaram desalojados ou desabrigados. Agora, são 13.723 desalojados – pessoas que tiveram que sair de casa e ir para imóveis de parentes ou amigos. 

Além disso, 3.374 habitantes do Estado ficaram desabrigados, ou seja, tiveram que recorrer a abrigos públicos para se proteger. Os dados são da Defesa Civil e foram divulgados neste domingo (9).

Desde 1º de outubro, quando teve início o período chuvoso, seis pessoas morreram em decorrência da chuva em Minas. Os óbitos ocorreram em Uberaba, Coronel Fabriciano, Nova Serrana, Engenheiro Caldas, Pescador e Montes Claros.

A tragédia que ocorreu em Capitólio, no Sul de Minas, que deixou 10 mortos após a queda do paredão de um cânion, ainda não é contabilizada como desastre de chuva. A  Polícia Civil iniciou as investigações sobre o acidente e, até então, aponta o fato como algo resultante de um desgaste histórico, que leva em conta chuvas, erosão e até mesmo o barulho das lanchas (trepidação).

o tempo

Compartilhe:

Deixe um comentário