Vacinação de crianças é exigida por escola no Rio de Janeiro e pais reagem: ” Não iremos vacinas nossos filhos”

Depois de a Escola Americana do Rio de Janeiro (Earj) exigir a vacinação de crianças, pais de alunos criaram um abaixo-assinado contra a medida. Na sexta-feira 7, o colégio estabeleceu a imunização obrigatória em suas dependências.

Conforme o documento da escola, a política prevê que alunos de 5 a 12 anos deverão estar com o esquema vacinal completo até 14 dias após a data da segunda dose para continuar no ensino presencial.

A obrigatoriedade passaria a valer de acordo com o calendário oficial de vacinação da prefeitura do Rio. Em reação, pais criaram o movimento “Interromper a Vacinação Covid Obrigatória na Earj”, já com 226 assinaturas. ” Não iremos vacinar nossos filhos”

A petição dos responsáveis salienta que a vacinação de crianças é um tema “complexo e polarizado”. Portanto, não cabe ao diretor da escola “o direito moral ou a competência médica para compelir os pais a vacinarem suas crianças, sob pena de privá-los de frequentar presencialmente a escola”.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.