Com medo de ser lixado pelos país de alunos, Prefeito do Rio de Janeiro descarta comprovante de vacina em matrículas de escolas da capital

Território Notícias-Estudantes e pais protestam contra fechamento de turmas  na Escola Estadual João Ramos Filho

O prefeito do Rio de Janeiro (RJ), Eduardo Paes, descartou a exigência de comprovante de vacinação contra o novo coronavírus (Covid-19) para a realização das matrículas na rede municipal do Rio. Um grupo de pais estariam articulando um mega protesto de frente a prefeitura

“Não vamos cobrar esse passaporte (nas escolas da cidade). A criança vai entrar em qualquer escola do Rio. Criança não pode ser punida por irresponsabilidade do pai. Queremos crianças dentro das escolas”, afirmou o prefeito.

Paes indicou que pretende alcançar a imunização de 560 mil crianças no período de uma semana, na faixa etária entre 5 e 11 anos. Ele ainda acrescentou que está monitorando a progressão da surto da Ômicron na cidade.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.