Alexandre de Moraes autoriza saída temporária de Roberto Jefferson de presídio para realização de exames

Roberto Jefferson Alexandre de Moraes advogado do PCC

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, autorizou a saída imediata e temporária de Roberto Jefferson do presídio em Bangu (RJ) para a realização dos exames indicados pela médica particular do presidente afastado do PTB.

Nesta terça-feira (18), Moraes determinou também a realização de laudo médico pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do estado do Rio de Janeiro apontando a capacidade ou não do hospital penitenciário tratar Jefferson.

O ministro do STF afirmou ainda que o preso deverá ser acompanhado por escolta e retornar ao estabelecimento prisional após a realização dos exames apontados como necessários, sendo permitido seu contato somente com a equipe médica e de enfermagem.

Recentemente, a defesa de Roberto Jefferson reiterou o pedido de transferência ao STF. Na semana passada, a defesa já havia pedido a transferência e Alexandre de Moraes mandou o diretor do presídio informar sobre a possibilidade de realização, no hospital penitenciário, dos exames. 

Roberto Jefferson está preso desde agosto de 2021 pelo suposto envolvimento em uma milícia digital voltada a ataques à democracia. Em setembro último, ele chegou a ser transferido para o hospital para tratar um quadro de colangite.

Compartilhe:

Deixe um comentário