Eduardo Bolsonaro critica feministas ao falar sobre Ucrânia: “Alguém viu alguma feminista reclamando por direitos iguais nestes casos?

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) criticou nesta 6ª feira (25.fev.2022) o movimento feminista por não se pronunciar acerca dos desdobramentos da guerra na Ucrânia. O congressista disse que não viu nenhuma ativista protestar sobre o retorno do serviço militar obrigatório no país europeu. A Ucrânia introduziu a medida para aumentar o contingente das forças armadas em meio ao conflito com a Rússia.

A nação de Vladimir Putin está bombardeando o vizinho há 2 dias. Kiev também proibiu os homens adultos de 18 a 60 anos de deixarem o território ucraniano.

Alguém viu alguma feminista reclamando por direitos iguais nestes casos? Lembre-se disso quando te falarem em ‘opressão do patriarcado’”, declarou o filho 03 do presidente Jair Bolsonaro (PL)

Compartilhe:

Deixe um comentário