Vereador de Natal quer que prefeitura distribua camisinha nas escolas e leve discussão sobre sexo para salas de aula

O vereador de Natal Chagas Catarino (PSDB) apresentou um projeto de lei na semana passada na Câmara Municipal que prevê a criação do programa “Juventude Consciente”.

Idealizado pelo gabinete do parlamentar, o projeto consiste na adoção de uma série de ações voltadas à prevenção da gravidez indesejada na adolescência e de infecções sexualmente transmissíveis (as antigas DSTs).

Se a lei for aprovada, a gestão do prefeito Álvaro Dias (PSDB) terá de desenvolver um conjunto de atividades junto ao público jovem para conscientizar sobre os riscos de relações sexuais precoces e desprotegidas.

O vereador propõe que a discussão sobre o tema seja incorporada ao projeto político-pedagógico das escolas, tanto da rede pública quanto da rede privada. Além disso, prevê que sejam distribuídos preservativos masculinos (camisinhas) nas escolas, nos postos de saúde e demais “locais onde seja identificada grande concentração de público jovem”.

Nos postos de saúde, atualmente já ocorre a distribuição.

Chagas Catarino afirma que o objetivo é conter o aumento de casos de infecções sexualmente transmissíveis, como a sífilis e a aids. Ele cita que pesquisas já mostraram que campanhas educativas podem reduzir o risco de transmissão do HIV para menos de 1%.

“A sífilis, que pode ser transmitida da mãe para o feto, é uma doença infecciosa silenciosa, que tem consequências devastadoras podendo causar sérios problemas de saúde se não for tratado no início da doença, mas, pode ser facilmente evitada se tomada às devidas precauções”, justifica o parlamentar.

98 FM Natal

Compartilhe:

Deixe um comentário