Mendigo espancado em Brasília votou em Bolsonaro: ‘votarei outra vez’

Givaldo Alves, o morador de rua espancado por um personal trainer em Planatina, no Distrito Federal, foi acolhido pela Secretaria de Desenvolvimento Social do Distrito Federal e recebido em um abrigo após a agressão. Em entrevista ao portal Metrópoles, nesta quarta-feira (23), ele agradeceu o tratamento recebido pelo abrigo e contou sua versão sobre o caso que envolveu um personal trainer e a esposa dele em Planaltina. 

Durante entrevista ao veículo de Brasília, o morador de rua  disse que votou no presidente Jair Bolsonaro, em razão da facada que ele levou em setembro de 2018 de Adélio Bispo, ex-Psol. Ainda de acordo com o Givaldo Alves, votará outra vez em Bolsobaro neste ano2312Propaganda

O trecho da entrevista viralizou nas redes sociais:

Compartilhe:

Deixe um comentário