PM de SP apreende R$ 500 mil de irmão de Alcolumbre em carro: Dinheiro estava no porta-malas do veículo

O valor seria referente ao pagamento de um estudo jurídico

Policiais militares de São Paulo apreenderam na madrugada desta sexta-feira, 25, cerca de R$ 500 mil em um veículo na zona norte de São Paulo. Segundo a PM, o dinheiro é do advogado Alberto Samuel Alcolumbre Tobelem, irmão do senador Davi Alcolumbre (União Brasil-AP).

De acordo com o registro da ocorrência, no início da madrugada as equipes faziam uma operação de bloqueio na avenida Olavo Fontoura, no bairro de Santana, quando o motorista de um veículo preto — identificado como Sergio Barbosa Arruda —, ao avistar as viaturas, parou no meio da via e deu marcha ré. Os policiais perseguiram o carro e conseguiram abordá-lo momentos depois.

No porta-malas estavam duas malas com o dinheiro. De acordo com a polícia, o motorista do carro disse que o dinheiro havia sido entregue a ele por Alberto Samuel, que foi até o local em outro veículo.

Segundo explicou o irmão do senador aos PMs, o valor seria referente ao pagamento de um estudo jurídico. Alberto Alcolumbre disse ainda aos policiais que tem como comprovar a origem lícita do dinheiro e que o fará ainda nesta sexta-feira por meio de seu advogado.

De acordo com o jornal Estado de S.Paulo, o termo de declarações registra que Sérgio seria um motorista de confiança do advogado que realizaria tal estudo.

Os dois foram conduzidos à delegacia, onde foi registrado um boletim de ocorrência sobre “averiguação de atividade suspeita”. O dinheiro foi apreendido “para posteriores deliberações”, segundo a polícia.

Por meio de sua assessoria, o senador Alcolumbre informou que ficou sabendo da apreensão do dinheiro pela manhã. Disse que os valores são referentes ao trabalho de advocacia do irmão e que o próprio vai explicar a situação ao longo do dia.

Compartilhe:

Deixe um comentário