Governo Federal pagou mais de R$ 1 bilhão por invalidez temporária causada pela Covid-19

Desde o início da pandemia, em março de 2020, o Brasil já registra mais de 660 mil mortes pela Covid-19. Alguns sobrevivem completamente ilesos dos efeitos do vírus, mas outros lidam com sequelas e até mesmo invalidez. O Governo Federal já gastou mais de 1 bilhão de reais para esses casos, de acordo com levantamento realizado pela CNN.

O levantamento revela que cerca de 135 mil brasileiros foram afastados de seus trabalhos devido a sequelas temporárias causadas pela Covid-19, superando os problemas ortopédicos, que costumavam liderar o ranking de pedidos de afastamento por invalidez. O benefício para o trabalhador afastado é de 1,3 mil reais por um período de até seis meses.

Antes da pandemia do novo coronavírus, os problemas virais não tinham grande representação na previdência brasileira. Levantamento aponta que, em 2019, apenas 143 brasileiros receberam o auxílio-doença por contaminações virais – o que representou aproximadamente R$ 1 milhão aos cofres da União.

Com informações de Veja e CNN Brasil

Compartilhe:

Deixe um comentário