Após morte de 04 PMs em menos de 24 horas, Petista Rui Costa autoriza concurso público com 2 mil vagas para PMBA e compra de mil fuzis

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), que deixou de investir na segurança pública do estado, resolveu tardiamente realizar concurso público para duas mil vagas para a Polícia Militar da Bahia. 

Não é de agora que a categoria, principalmente a população, vem questionado o baixo efetivo, valorização e a insegurança no estado, mas o governador no final do seu mandato e após três mortes de policiais militares, resolveu abrir concurso e comprar mil fuzis. 

De acordo com o Ministro da Justiça, Anderson Torres, o governo federal enviou para a Bahia mais de R$ 100 milhões para investir na segurança pública, e Rui executou só 20%. 

Contudo, a Bahia lidera em número de homicídios no país, fruto da falta de investimento na segurança pública, e o governador quer jogar a culpa no Presidente Jair Bolsonaro (PL). 

Compartilhe:

Deixe um comentário