Famoso pela CPI da Covid no RN, prefeito do PT vai assumir comunicação da campanha de Lula

Popular no Rio Grande do Norte por ser um dos alvos da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa, o prefeito de Ararquara, interior de São Paulo, Edinho Silva (PT), vai coordenar a comunicação da campanha do ex-presidente Lula. Junto de Edinho, o ex-presidente do Partido dos Trabalhadores e deputado federal, Rui Falcão (SP), também vai estar à frente desse trabalho.

Durante os trabalhados da CPI, Edinho chegou a ser convocado para depor sobre a compra frustrada de respiradores, que causou prejuízo de cerca de R$ 50 milhões, pelo Consórcio Nordeste. Na ocasião, o executivo municipal se recusou a comparecer. Rui e Edinho vão assumir a função, antes atribuída ao ex-ministro Franklin Martins, que foi afastado de suas funções no PT.

O novo marqueteiro da campanha de Lula, Sidônio Palmeira, vai se reportar aos dois coordenadores. A decisão de escalar Rui e Edinho para dividir a função foi uma saída para contemplar as preferências de Lula e da presidente do PT e coordenadora geral da campanha, Gleisi Hoffmann. O ex-presidente do PT era o nome favorito de Lula e o prefeito de Araraquara, o de Gleisi.

Ainda não há uma definição sobre como será a divisão do trabalho entre eles e se serão promovidas novas mudanças na estrutura de comunicação.

Compartilhe:

Deixe um comentário