Operação da Polícia Militar prende chefe de quadrilha paraibana que explodia bancos no RN

A Polícia Militar do Rio Grande Norte capturou o líder de uma quadrilha criminosa que praticava roubos e explosões em agências bancárias no interior da Paraíba e Rio Grande do Norte.

A ação ocorreu nesta quinta-feira (12), durante diligências da Operação Hórus.

Policiais militares do III Comando de Policiamento Regional (CPR-III) prenderam Maurício Souza de Oliveira, na cidade de Ceará-Mirim, região Metropolitana da Capital, onde estava escondido há anos. Contra ele havia um mandado de prisão expedido pela 1ª Vara criminal de Campina Grande.

CHEFE
Maurício Souza era conhecido como “Chefe” e liderava a organização criminosa que foi alvo da Polícia Civil paraibana na OPERAÇÃO METALON realizada no ano de 2018 no Estado da Paraíba, onde foi apreendido 01 (uma) escopeta calibre .12 (ponto doze), com (01) uma munição calibre .12 (ponto doze); 01 (um) rifle calibre .44 (ponto quarenta e quatro), com 19 (dezenove) munições; 11 (onze) artefatos explosivos com cordéis detonantes; 02 (dois) artefatos explosivos com cordéis detonantes e espoletas; 05 (cinco) artefatos explosivos TNT com cordéis detonantes e espoletas; 05 (cinco) cédulas de R$ 50,00 (cinquenta reais), apresentando manchas de tintas vermelhas, estando danificadas/rasgadas; 01 (uma) fita adesiva na cor cinza; 02 (dois) pacotes de sacos plásticos transparentes; 02 (dois) casacos camuflados; 01 (um) par de luvas em couro preto; e 01 (um) balde com grampos de ferro.

Ele foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil onde está à disposição da Justiça.

Compartilhe:

Deixe um comentário