Chefe de facção que ostentava vida luxuosa é presa em Salvador

Jéssica Andrade da Silva, de 28 anos, foi presa na quarta-feira, 22, em Salvador. Ela é acusada de chefiar um esquema criminoso no Ceará. É companheira de Vicente Antônio de Freitas Filho, o Vicente Peru, chefe de uma organização criminosa do Ceará e preso em 2016, em Goiás.

Jéssica não reagiu à prisão. Participaram da operação a Coordenadoria de Inteligência (Coin) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS), a Superintendência de Inteligência da Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA) e Polícia Civil da Bahia.

De acordo com as investigações, após a transferência de “Vicente Peru” para o Sistema Penitenciário Federal em 2017, Jéssica passou a exercer funções do chefe no grupo, com amplo conhecimento dos negócios ilícitos do ex-companheiro.

A cearense continua presa em Salvador. De acordo com a SSP do Ceará, em nota enviada à imprensa, são realizadas tratativas para que a mulher retorne ao estado para cumprir a prisão preventiva. O órgão não informou se ela já constituiu advogado de defesa.

“[Ela] ostentava uma vida de luxo nas redes sociais de luxo e muita ostentação. Quem acompanhava o dia a dia de Jéssica Andrade da Silva nas redes sociais não tinha ideia das atividades ilícitas que ela participava”, disse a SSP cearense, em nota.

.

Compartilhe:

One thought on “Chefe de facção que ostentava vida luxuosa é presa em Salvador

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.