Partido de Bolsonaro vai ao TSE contra Lula por ‘discurso de ódio’

PL apresentou sete ações contra o petista por propaganda eleitoral antecipada

O Partido Liberal (PL) decidiu acionar o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por ter propagado “discurso de ódio”. No total, foram sete ações enviadas à Corte apontando que o petista teria feito propaganda eleitoral antecipada. A informação foi dada pelo jornal Folha de S.Paulo.

Os advogados de Jair Bolsonaro apontaram que Lula teria cometido discurso de ódio ao se referir ao presidente com termos como “fascista”, “genocida”, “negacionista” e “desumano”. O PL quer a exclusão de vídeos em que o ex-presidente utiliza os termos e ainda que o petista pague multa.

Compartilhe:

Deixe um comentário