Polícia

Empresário sequestrado por quadrilha do Pix é salvo pela esposa após compartilhar localização

Um empresário vítima de sequestro foi libertado e dois suspeitos de participar da quadrilha do Pix foram detidos, na avenida Carlos Caldeira Filho, na Vila Andrade, zona sul de São Paulo, por volta de 21h30 deste domingo (19).

A vítima, que não quer ser identificada, conta que chegava em casa quando percebeu a aproximação do carro dos suspeitos e, em vez de entrar, parou na rua para esperar que eles passassem. No entanto, os suspeitos desceram do veículo e o abordaram. Na sequência, ele foi mantido em cárcere no carro e obrigado a colocar uma blusa na cabeça.

Em determinado ponto, os suspeitos pararam o carro e dois deles desceram para realizar transferências com os cartões. A vítima diz que não tem nenhum aplicativo do banco no celular.

De acordo a Polícia Militar, uma equipe realizava patrulhamento de rotina quando foi avisada por rádio sobre um sequestro em andamento que envolvia um Corolla Cross, da vítima, e um Corsa, que pertencia aos criminosos e estava na escolta.

Esposa ajudou
O empresário afirma que tomava diversos cuidados para evitar ser vítima desse tipo de crime e que sempre compartilha a localização com a esposa, o que ajudou as equipes a encontrá-lo.

Os policiais então iniciaram as buscas e conseguiram localizar os dois veículos estacionados, um atrás do outro, na via. Os suspeitos pararam os carros na via e passaram a obrigar o empresário a realizar transferências via Pix.

Os agentes então deram voz de prisão aos suspeitos e conseguiram resgatar o homem, que estava no banco de trás em poder dos bandidos. Ao todo, quatro homens participaram do crime, mas só dois foram detidos.

Uma arma calibre .32 e uma arma falsa foram apreendidas com os homens. O veículo Corsa, utilizado pelos bandidos, era roubado e foi apreendido.

Os suspeitos têm passagens por receptação e por furto e afirmaram que participaram de outros roubos com cárcere.

A ocorrência foi apresentada no 34° DP (Vila Sônia).