Barril de petróleo bate US$ 88 e atinge maior preço em 2024

plataforma de petróleo na baía de Guanabara, no Rio de Janeiro
Desde o começo do ano, o preço do barril de óleo acumula uma valorização de 16,8%; na foto, plataforma de produção de petróleo na Baía de Guanabara

O preço do barril de petróleo superou US$ 88 pela 1ª vez em 2024 nesta 3ª feira (2.abr.2024). Esse é o maior valor de negociação da principal commodity do mundo desde outubro do ano passado, quando chegou a US$ 90. O aumento no preço do barril de petróleo foi impulsionado pelo aumento na atividade industrial da China, o que indica uma maior demanda pelo óleo.

Na 2ª feira (1º.abr), a agência de análise financeira S&P Global informou que o PMI (índice de gerentes de compras, na sigla em inglês) industrial do país asiático aumentou de 50,9 em fevereiro para 51,1 em março. Esse é o maior valor desde fevereiro de 2023.

Em relação à oferta, a Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) deixou de injetar 2,2 milhões de barris de petróleo no mercado desde janeiro. O cartel vai se reunir na 4ª feira (3.abr) para discutir o planejamento para os próximos meses, mas a expectativa é de que esse corte seja mantido.

Outro fator que pressiona o preço do petróleo é a guerra entre Israel e o Hamas. O conflito no Oriente Médio tem escalado nos últimos meses e países influentes na região e no mercado petrolífero como Irã e Qatar tem participado ativamente das negociações para encerrar o confronto, mas essa atitude tem aumentado a instabilidade no mercado.

Desde o começo do ano, o preço do barril de óleo acumula uma valorização de 16,8%.

Fonte: Poder360

Últimas Notícias